terça-feira, 4 de novembro de 2008

Futuro do passado

Quero ser tua nesses cinqüenta dias que ainda me restam,
E reviver em cada dia a magia sentida na primeira vez.
Quero ser laçada novamente,
E receber teus beijos sem dizer uma palavra.
Quero estar em teus braços na estrelada noite fria,
E reparar que as nuvens não estão tão longe.
Quero sentir a química que exala por nossos poros,
E confirmar que ela existe em plenitude.
Quero rir da sua maneira de dançar,
E mesmo assim, dançar com você.
Quero sussurrar em silêncio,
E quase não respirar.
Quero fazer do teu braço meu cobertor,
E acordar vendo o céu no azul dos teus olhos.

7 comentários:

Cristian disse...

Que cheia de rompantes poéticos andas, minha cara!

Clau disse...

Uia!
Amore nouvo!
Eeeee!
Aproveita, querida!

bjos

Manu Jubilato disse...

Até posso aproveitat, mas se o cara ñ quer, ñ posso fazer nada...

Daniel disse...

Wow, que declaração, hein?

Bjão pra vc, Manu.

Daniel

Anônimo disse...

amor amor amor

diga três vezes, quem sabe não aparece

Jan disse...

Nossa florzinha... Me conta! Quero os detalhes...

Eleonora disse...

Manu!!!!!
Fui te deixar um scrap no orkut e vim parar no seu blog! :)
Como vc ta? Dê notícias!!
bisous :)